sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

O fantástico mundo da química diz Oi!

Oi! Não, eu não sou o fantástico mundo da química, mas eu faço parte dele, e pretendo fazer muito mais daqui para o fim da minha vida. Eu sou a Juliana, e me sinto honrada de passar a integrar a equipe LeGauss e dar espaço a meu lado geek. Irei falar principalmente de química, mas considerando a abrangência do tema, posso perder a noção e me espalhar um pouco.

Para o meu primeiro post, não irei falar sobre a química em si. ("mas ela
acabou de começar!") Mas sobre porque raios alguém falaria de química. Bom, se você é uma das pessoas que acham que a química morreu junto com Linus Pauling, em 1994, minha opinião é que você está benzenicamente[1] enganado. Só pra começar, provavelmente poucas pessoas já ouviram o nome Indra Nooyi, que é simplesmente o nome da presidente mundial da PepsiCo, empresa que faz bebidas e dona da FritoLay, que fabrica salgadinhos, entre eles o Doritos. Indra é indiana, nascida em 1955, e é uma química graduada[2], com mestrado em administração na Universidade Yale, nos Estados Unidos.

Pra quem não gosta de química, meu palpite é que o único contato que vocês tiveram com ela até agora tenha sido na escola. Eu reluto um pouco, mas tenho que concordar: daquele jeito, fica mesmo difícil gostar. Eu mesma, quando estava na escola odiava química orgânica. Pra falar a verdade, depois de 4 anos de faculdade eu continuo odiando. Minha proposta aqui não é ensinar a dar nome a compostos orgânicos, mostrar reações e produtos, ensinar estequiometria. Mas sim mostrar a enorme quantidade de coisas legais que a química explica[3]. Tomates que brilham, a química forense, as armas químicas, fenômenos físico-químicos e muitas, muitas outras coisas. Como a química está intimamente ligada à biologia e à física, posso eventualmente invadir um pouco essas áreas. Provavelmente vou me cuidar mais com a física, pois nesse blog já tem gente mais do que suficiente com conhecimentos nisso!

Até mais, povo!

Notas

[1] Essa palavra não existe!
[2]Que queria ser cantora de rock quando criança.
[3] Ou pelo menos pensa que explica.




7 comentários: