domingo, 15 de fevereiro de 2009

Raspar cabelos e chamar calouro de 'bicho' no trote é tradição da era medieval


Começo de ano é época de fazer matrícula nas faculdades. E sempre se repetem as mesmas cenas de abusos de veteranos contra os bichos. Mas saiba que esta prática pode ser muito mais antiga do que se imagina. Saiu uma matéria muito interessante no G1 sobre as origens do trote.



Raspar o cabelo de um calouro e chamá-lo de “bicho” pode parecer uma parte inofensiva do “trote” nas universidades de hoje, mas remete a uma tradição de humilhação que se inicia na era medieval, afirmam pesquisadores que estudaram a história da prática.

Ninguém sabe exatamente quando ocorreu o primeiro trote, mas é certeza que foi antes mesmo de as universidades serem chamadas de “universidades”. “As universidades medievais se formaram como apêndices da Igreja, quase como departamentos da Igreja Católica”, explica Glauco Mattoso, autor do livro “O calvário dos carecas”, de 1985, que conta como surgiu o trote.
Se você se interessou, leia a matéria completa aqui.

Até.





4 comentários: