quarta-feira, 11 de março de 2009

Linux para leigos #2 - NÃO ENTRE EM PÂNICO


Este post é a pedido da Juliana, que me disse que o principal receio dela com relação a Linux é não encontrar ferramentas com as quais ela já esteja acostumada a usar no Windows.

Mas isso não é um problema de verdade, pois a maioria das principais ferramentas está disponível para Windows (e de vez em quando para Mac). Assim, você não precisa encarar todo o processo de instalação de um Linux para saber se vai gostar ou não.

Este post é sobre isso, apresentar alternativas livres para Windows que são encontradas no Linux e fazer essa ponte para os novos e indecisos usuários.

Navegador de Internet


Firefox! Não há mais nada o que dizer. Este é o melhor navegador que existe no mercado (opinião pessoal). O Firefox está sempre atualizado e possui versões não só para Windows e Linux como também para Mac. É mais rápido, prático e seguro do que o Internet Explorer e já bem como navegador padrão em muitas distribuições Linux.
Se você está lendo este blog agora e não usa o Firefox clique aqui e seja feliz.

Ferramentas para escritório


Neste caso também não há o que discutir. A melhor opção é o openoffice, que possui uma versão brasileira, o broffice.
O Broffice é um conjunto de ferramentas que engloba um editor de planilhas eletrônicas, editor de texto e editor de apresentações, entre outros (que eu nunca uso).
O Broffice Writer trabalha com o formato aberto, o ODF(leia o post que escrevi sobre o ODF), mas também trabalha com ouros formatos, inclusive o .doc da Microsoft. O Writer faz tudo que o Microsoft word faz e vai além. Ele trabalha muito bem com fórmulas matemáticas (quem já fez artigo no MS Word sabe do que estou falando) e salva em pdf de maneira bem simples (basta clicar no botão).
Vale a pena baixar e usar.

Mensagens instantâneas


Se você é fã do msn messenger e de todos os seus recursos, realmente, não há substituto. Agora se você usa o msn apenas para manter contato, então, não só há uma alternativa, como ela é bem melhor.
Trata-se de um programa chamado Pidgin. Ele não é um cliente msn específico, você pode logar na sua conta do msn, gmail, yahoo, aim ou irc, entre outras. E, o mais interessante de tudo, é que você pode fazer entrar em todas as suas contas ao mesmo tempo, e o pidin coloca tudo em uma única lista.
O Pidgin também possui vários plugins e temas que podem ser configurados. A única desvantagem, é que você não consegue usar sua câmera e microfone para falar com seus contatos do msn. Falando nisso...

Skype


Sim, existe Skype para Linux.

Bloco de notas


Existem muitos blocos de notas para Linux. Estes são muito melhores do que seu equivalente para o Windows, mas infelizmente, eles existem somente para Linux.

Ferramentas de Desenho


A mais completa ferramente de desenho livre, acredito eu, é o gimp. Ele também possui uma versão para o Windows que pode ser baixada aqui. O Gimp é bem mais complexo do que o paint do Windows, e algumas coisas podem não ser óbvias no começo, mas ainda assim, ele é ma ótima ferramenta. Leia o post sobre gimp.

Tocador de vídeo


No meu Windows eu só uso o SMplayer. Ele é um front-end (interface com o usuário) para o Mplayer, que é o verdadeiro tocador. Este é o melhor player de vídeo que eu já usei no Windows, toca muitos formatos, principalmente depois que você instala os codecs extras, e, claro, pertence ao mundo Linux.

Tocador de Música


Não sou muito de ouvir música, além do mais, existem infinitos tocadores de música para windows e muitos outros para Linux. Tocador de música nunca será um problema.

Considerações finais


Usar Linux não precisa ser o choque que todos imaginam que seja. Usar Linux não precisa ser mais como antigamente. Hoje, e cada vez mais, o enfoque das distribuições Linux são os usuários que não querem configurar todo o seu sistema antes de usar, querem apenas instalar o sistema e instalar um programa para trabalhar.

Recentemente eu me juntei a este público. Foi o tempo em que eu compilava o kernel e alterava as configurações de programas em modo texto. O Linux hoje me permite trabalhar sem me preocupar se o sistema está bem configurado ou não e, aos poucos, eu vou moldando o sistema às minhas necessidades.

Venha para o mundo Linux você também!
Use Fedora






3 comentários: