sábado, 20 de junho de 2009

Explicando a webcomic "Apocalypse" do xkcd



Primeiramente, se você não conhece o xkcd, clique aqui.

Pra quem conhece acompanha o xkcd, sabe que algumas tirinhas são bem difíceis de se entender. O humor às vezes é tão nerd que às vezes é necessário um conhecimento muito específico para entender a piada.

A ideia de fazer este post surgiu quando o Rodrigo, autor deste mesmo blog, me perguntou se eu tinha entendido a tirinha apresentada acima. Confesso que tive que gastar uns 5 minutos pra entender [EDIT: Já o Gabriel entendeu em tempo desprezível].

Paul Erdös foi um matemático brilhante. Mais que isso, foi um matemático único. Sua biografia é muito interessante mas não vou me ater a isto. O fato que importa é que Erdös gostava de publicar artigos colaborativos. Ao longo de sua vida, publicou mais de 1500 artigos, sendo a maioria deles em colaboração com algum outro matemático. Esta é uma marca simplesmente inimaginável quando estamos falando em artigos de matemática. Para se ter uma ideia, um matemático tem uma produção considerada alta se publica 50 artigos ao longo da carreira.

Em tributo a Erdös, seus amigos resolveram criar o Número de Erdös. Este número funciona da seguinte maneira. Se você escreveu um artigo em colaboração direta com Paul Erdös, seu número de Erdös será 1. Se você colaborou com outro matemático que colaborou diretamente com Erdös, seu número será 2, e assim por diante.

Rapidamente, o número de Erdös passou a se tornar símbolo de honra e glória para os matemáticos e eles costumam compará-lo com os números de seus colegas.

O problema é que Erdös já morreu, então seria impossível alcançar o número de Erdös 1 atualmente. Portanto, quando a personagem da tirinha afirma que os mortos voltarão a andar sobre a Terra, o matemático vê nisto uma oportunidade para melhorar o seu número de Erdös (e os de seus colegas também).

Então, ele escreve um artigo às pressas e pede para que seus colegas o assinem em colaboração. No final, ele pede a assinatura de Erdös, assim todos os que assinaram alcançariam o tão almejado número 1.

Entenderam? É... vai ser nerd assim na p...

Até!

Obs.:

Eu descobri que o autor dá uma dica. Se você for lá no site onde está a tirinha e deixar o mouse em cima da figura, aparecerá escrito que ele queria ter feito um filme com o Kevin Bacon. Existe um número de Bacon, análogo ao número de Erdös.





6 comentários: