sábado, 24 de janeiro de 2009

Open-source e a crise


Acabei de ver no blog da IBM este artigo sobre Open Souce(OS).
O movimento Open Source vai se acelerar com a crise econômica. Budgets mais apertados e ênfase na redução de custos tornam mais atraentes as alternativas “low cost”.

Em suma, diz que o mundo já está caminhando em direção ao OS a um tempo, que o OS nunca esteve tão forte e, para colaborar, a crise econômica força as empresas a buscarem soluções alternativas de baixo custo (adivinha quem).
ignorar Open Source não será nada saudável para a nossa carreira profissional

Quer um conselho? Mesmo que você não se interesse por Linux, software livre e etc, dê uma olhada, para o seu próprio bem. Baixe um liveCD[1], leia alguns textos sobre, procure aprender. Se você tem medo de Linux, existem muitas soluções OS para o Windows[2] também. Não fique para trás!
Leia o artigo.

Notas

[1] Baixe e teste o Fedora e, se gostar, instale.
http://fedoraproject.org/pt_BR/get-fedora
http://www.projetofedora.org/download
[2] Por exemplo, o BrOffice. Semelhante ao MsOffice, vem com editor de texto, planilhas, apresentações e etc, mas é gratuito e utiliza padrões abertos. Se você ainda não conhece essa é a hora.





3 comentários: