sábado, 11 de abril de 2009

Quanto é um trilhão?

É isso mesmo que você leu no título. Você já parou para se perguntar sobre o verdadeiro significado das palavras milhão, bilhão, trilhão, etc? São palavras usadas comumente em economia, física, geologia e até biologia, mas que é muito difícil termos uma noção clara do que elas realmente representam em quantidade.


Quando falamos em escalas de tempo relativas a 10 anos, temos uma boa noção do que isso significa. 100 anos também... Mas 1000 anos? Já se torna uma coisa bem mais complicada. Pior ainda é quando aprendemos sobre escalas geológicas que se passam em períodos de milhões ou até bilhões de anos! Nosso cérebro definitivamente não foi feito para pensar em escalas tão grandes de tempo.

Conheça alguns dados interessantes:

Um milhão de segundos são 13 dias.
Um bilhão de segundos são 31 anos.
Um trilhão de segundos são 31688 anos!

Percebeu como a coisa cresce inimaginavelmente? Tem mais!

Um milhão de minutos atrás foi 1 ano, 329 dias, 10 horas e 40 minutos atrás.
Um bilhão de minutos atrás foi pouco depois do nascimento de Cristo!

Um milhão de horas atrás foi 1885.
Um bilhão de horas atrás, os seres humanos ainda não existiam.

Esse papo sobre milhões de horas e etc. é muito estranho, vamos falar de alguma coisa mais palpável (ou nem tanto), dinheiro! Você consegue imaginar o tamanho de um monte de 1 trilhão de dólares?

Para começar, considere o seguinte pacote contendo 100 notas de $100 dólares. Ele tem cerca de 1,5 cm de espessura. Um pacote desses contém $10 000 dólares.



Você consegue imaginar quanto seria $1 milhão de dólares? Pois é, é só isso, cabe numa bolsa.


100 milhões já é algo bem diferente, veja.



E 1 bilhão? Você consegue imaginar? Seria assim.



Agora, prepare-se. Quanto você acha que seria 1 trilhão de dólares? Pense alto. Acredite ou não... 1 trilhão de dólares se pareceria com isso. (Role para baixo.)











Tente imaginar antes...













Ok, agora vai!



O que você compraria com essa quantia? :b

Até.

Créditos

Imagens descaradamente copiadas retiradas de: http://www.pagetutor.com/




7 comentários: